Degustando vinhos franceses

When in France, do like the french do. Alguns hábitos franceses não me agradam nem um pouco e por isso essa frase não pode ser levada muito a sério. No entanto, o hábito de beber suco de uva fermentado, ou vinho,  me agrada bastante. Sendo assim, aproveitei a oportunidade e participei de uma aula de degustação de vinhos da Alsácia, região da França que abriga Strasbourg e várias outras cidades.

As cepagens ou os tipos de uva da região são as seguintes: Riesling, Sylvaner, Pinot Gris, Pinot Blanc, Gewurtztraminer, Muscat e Pinot Noir. Também típico da região, o vinho frisante Cremant é uma mistura (ou assemblage) de Pinot Blanc e Chardonnay. Não foi possível provar todos os vinhos citados, mas deu pra conhecer alguns que eu não conhecia ainda, como o Gewurtztraminer. O nome é alemão, é claro.  É um vinho que, segundo o “professor”, combina bem com queijos mais fortes como qualquer bleu e Munster e com comidas apimentadas. Esse foi o que eu menos gostei por ser bem doce e frutado.

Durante a degustação também foi possível beber um Riesling levemente gelado combinado com queijo chèvre, vinho rosé Pinot Noir com paté en croûte e Pinot Noir com uma coisa muito sensacional: paté feito com carne de porco defumada e pain de epices, que é tipo gingerbread. O “pão” faz parte do paté e eu, que não sou nada chegada na carne de porco, achei incrível. Comi três generosos pedaços. Além de beber e comer, a aula trouxe várias dicas e informações em geral sobre vinhos:

>> Um vinho de 12% de volume alcoolico congela a -12C. E essa relação vale pra qualquer bebida alcoolica. >> Vinhos considerados secos possuem menos de 4g de açúcar por litro.

>> Vinho do porto não foi inventado pelos portugueses, e sim por ingleses apaixondos pelos vinhos de Portugal.

>> Ao comprar um vinho frisante na garrafa vai estar escrito millésime ou non-millésime, o que seginifica que duas ou mais safras das uvas foram misturadas (millésime) para fazer aquele espumante. Isso não acontece com vinhos “tranquilos”, termo utilizado pra definir os vinhos não frisantes.

Bonne week-end!

Anúncios

3 comentários sobre “Degustando vinhos franceses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s