Lyon, dia 6

Então hoje foi o primeiro dia de aula na Université de la Mode de Lyon. A aula foi na verdade um passeio, andamos por alguns pontos da cidade e um guia contou sobre a história da produção de seda em Lyon e na França, indicando os bairros e os locais onde os trabalhadores do ramo se estabeleciam e moravam. Uma pessoa importante no mercado da seda e no desenvolvimento dele, não só em Lyon, tem uma estátua no meio de uma praça na região chamada de croix-rousse: Joseph-Marie Jacquard. Sim, o que emprestou o nome pra uma padronagem de tecido. O cara é meio gênio da tecelagem e inventou um sistema de programação das máquinas, otimizando o trabalho. É tipo um sistema binário, só que de 1801! E sim, a criação dele influenciou no desenvolvimento da computação. Legal, né?

Ainda sobre a história da seda, visitamos o L’Atelier de Soierie, onde se usam processos manuais pra criar lenços estampados. Sabiam que o Brasil é um dos maiores fornecedores de bicho da seda do mundo? Eu sabia, mas né… não custa nada contar pra vocês.

Durante o passeio/aula paramos em frente a um clube de jazz e, enquanto o guia explicava como o bairro era cheio de cafés voltados para o teatro e bares, o dono nos convidou pra ver a banda ensaiando.

Balancei o pezinho.

Anúncios

3 comentários sobre “Lyon, dia 6

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s